Buscar
  • Luiz Campos

Você tem dificuldade em vivenciar o presente?

Atualizado: 22 de jan. de 2020

Você já parou para pensar o por que chamamos o momento presente de: “presente”?


Penso que deve ser por que realmente ganhamos um presente todos os dias, 24 horas para gastarmos da melhor forma possível.


Acho muito interessante ver o dia por este ângulo, onde cada amanhecer traz um novo “presente”. Novas possibilidades, desafios, experiências em 24 horas, basta saber aproveitar com entusiasmo e otimismo.


Muito bonito né, mas por que algumas pessoas não conseguem aproveitar, viver o momento presente?


Bom, quando observamos por um ponto de vista clínico, vamos perceber que existem pessoas que vivem antecipando o futuro, vivem olhando para o futuro e tentando saber o que vai acontecer ali na frente, agora. Estas são as pessoas ansiosas. E temos aquelas pessoas que vivem do que já passou, do passado, das escolhas que não fizeram ou, mesmo das que fizeram, e já estão lá atrás no passado. Essas são as pessoas deprimidas.


Por isso o importante é estar no aqui, no agora. Buscar viver o que está acontecendo de forma intensa. Aproveitar o momento. Mas não é tão simples quanto parece quando se fala sobre.


Estar focado no presente exige um treino, uma postura. Melhor, um policiamento constante para que possamos nos conectar a atividade que estamos realizando. Não importa se é trabalho, estudo ou lazer.


Se você está no seu trabalho, ou na escola, foque na sua tarefa, procure formas diferentes de realizar as atividades mais comuns. Ressignifique sua forma de ver o seu cotidiano.


Observe atentamente o que está acontecendo ao seu redor e foque no momento, no que há para ser feito agora.


Uma dica para estar mais conectado no momento é buscar estar atento a sua respiração. Sim, quando observamos a nossa reação ao ar fluindo durante o processo de inspiração e expiração, conseguimos estar direcionando nossa atenção ao nosso corpo. Portanto, focamos em um estímulo apenas e assim vamos aprendendo a estar conscientes do momento. Estamos no presente.


Mas quando mesmo assim a pessoa simplesmente não consegue estar no presente, vamos voltar a esta questão. Precisamos entender que por vezes, existem situações que nos remetem a outros momentos (futuros ou passados) e que precisam ser resolvidos, tratados, portanto se faz necessário um acompanhamento com profissional capacitado para tanto, o psicólogo.


Vários são os estímulos aos quais nos prendemos e que nos retiram do momento em que estamos. Nos prendemos em situações por comodismo ou pela dificuldade mesmo que lidar com tal evento nos traz e assim, ficamos presos ou em momentos passados ou imaginando momentos futuros onde não será necessário lidar com tal situação.


De qualquer forma, fica a dica: está difícil lidar com o presente, ou estar focado no presente? Busque ajuda de quem entende, procure o psicólogo.


Paulo de Tarso - Psicólogo Clínico - Crp 12/03836

17 visualizações0 comentário