Buscar
  • Luiz Campos

Efeito Sanfona: 6 dicas pra você se livrar dele de uma vez por todas

Primeiramente é importante que você saiba que não existe um alimento isolado que engorda ou que emagrece, na nutrição tudo depende do contexto. Exemplificando não adianta incluir gengibre em uma alimentação baseada em açucares e industrializados, assim como eventualmente comer um doce, não vai engordar uma pessoa que na maior

parte do tempo tem uma rotina saudável.


Você vai precisar de uma motivação inicial, mas não deixe ela acabar. Do que adianta emagrecer muito em curto período de tempo, se você não consegue manter aquela alimentação? Pense nos resultados a longo prazo, é possível encontrar uma alimentação equilibrada, dentro da sua realidade, sem restrições absurdas e que gere um emagrecimento sustentável. O resultado chega e se mantém, e junto com ele vão embora as dores de cabeça, problemas de digestão, imunidade baixa, falta de disposição, e de quebra os quilinhos indesejados; e ai vai dizer que não vale a pena?


Vou deixar umas dicas pra quem quer sair de uma vez por todos do ciclo vicioso ‘’ emagrecer e engordar’’:


1- Baseie sua alimentação em comida de verdade: ‘desembale menos e descasque mais’, essa frase diz tudo. Infelizmente pela praticidade acabamos acostumando a consumir muitos alimentos industrializados, tire o máximo que puder. Baseie sua alimentação em produtos que vem da natureza na maior parte do tempo.


2 – Reduza drasticamente o consumo de açúcares e adoçantes: já parou pra pensar que os alimentos foram feitos pra serem consumidos como são, o doce é doce o amargo é amargo, nossa paladar é adaptável, te desafio a consumir seu cafezinho cinco dias sem adoçar.


3- Se movimente: nosso corpo não foi feito pra ficar parado, coloque como meta da semana fazer algum tipo de exercício, pode ser qualquer um, apenas movimente-se. Durante o exercício nosso corpo libera substâncias importantes que deixam nosso metabolismo mais ativo, ajudando a manter perda de peso.


4: Durma bem: existe uma forte relação entre privação de sono e excesso de peso, isso acontece porque no momento que dormimos nosso corpo faz liberação de alguns hormônios que interferem na nossa sensação de fome e saciedade. Então ter uma boa noite de sono é fundamental pra quem deseja emagrecer.


5: Não seja 8 ou 80 (ou faço tudo ou não faço nada): seus resultados vai vir do que você faz na maior parte do tempo, encontre o equilíbrio; quando sair fora do planejado não pense ‘agora já foi’, apenas volte a se alimentar bem na próxima refeição. Somos seres humanos, começar achando que vai ser 100% perfeito é ilusão, você vai encontrar dificuldades no meio do caminho, o importante é sempre saber VOLTAR.


6: Pare de dar desculpas a si mesmo: falta de tempo ou de dinheiro, genética ruim, metabolismo lento e por aí vai....Talvez você não tenha tentado da forma correta, com um plano alimentar feito especialmente para você, contemplando seus gostos e fazendo você gostar de se cuidar, vamos tentar diferente dessa vez? Vem comigo que eu te ajudo.


Nutricionista Larissa Folle CRN10 – 2330

1 visualização0 comentário