Buscar
  • Saulo Pithan

Efeito platô na obesidade: saiba como evitar

Atualizado: há 7 dias



De repente você parou de emagrecer e quer saber o motivo? Essa reportagem é pra você. Entenda o que é o efeito platô, que embora desconhecido de muita gente,

afeta praticamente todo mundo que luta contra a balança. O assunto é tão importante que se não for entendido, pode levar a abandonar o tratamento do excesso de peso. Vá adiante e leia o que dizem sobre o assunto, os especialistas do Centro de Obesidade da Ostermann Medical Center.


Mito ou verdade? quanto mais se perde, mais difícil perder


O efeito platô é resultado de uma série de características do corpo humano. Em primeiro lugar, importante considerar que pelo menos 60% das calorias são queimadas não por exercícios físicos, mas, sim, pelas funções habituais do corpo.

Isso significa que, quanto mais leve o corpo fica, menos energia ele precisa gastar em suas funções básicas, reduzindo o chamado metabolismo basal – esse consumo energético básico – e, em consequência, o consumo total de calorias, mesmo que você esteja mantendo o mesmo ritmo de atividades físicas!

Além disso, a prática de atividade física e dieta podem favorecer o ganho de massa muscular, o que engana as pessoas, que perdem menos peso (ou param de perder), mas estão “trocando” gordura por músculos. O ideal, para evitar esse equívoco, é sempre checar as medidas corporais, dobras cutâneas ou fazer uma bioimpedância.


Driblando o efeito platô


Segundo a nutricionista do Centro de Obesidade da Ostermann Medical Center, Rafaela Brero, a primeira forma de mudar o efeito platô é mudando hábitos alimentares; fazer a mesma dieta por um período prolongado torna a quantidade de nutrientes e calorias ingeridos previsível e facilita a adaptação do organismo. Fazer alterações periódicas na alimentação quebra essa lógica e dificulta essa adaptação.


Também é possível mudar o tipo e intensidade das atividades físicas praticadas, estimulando o corpo a gastar mais energia. O equilíbrio do exercício com o descanso também é muito importante, pois o descanso regenera os músculos, ajudando no ganho de massa muscular. Dormir bem ainda ajuda a regular os hormônios relacionados à fome.

Também é importante beber bastante água, já que a desidratação faz com que o corpo guarde mais energia para o metabolismo. Também deve-se evitar dietas muito restritivas! Dietas muito rígidas podem ser deficientes em nutrientes, estimulando o efeito platô. Também são mais difíceis de seguir, podendo provocar abandonos ao tratamento e até compulsões alimentares.


Emagrecendo com apoio dos nossos especialistas


Você não está sozinho nessa jornada. Pode contar com o apoio, o carinho e o acolhimento de um time de verdadeiros amigos. Além da nossa nutri, a Dra Rafaela Brero temos um timão pra te ajudar. A melhor forma de evitar o efeito platô é contando com um time de especialistas que sabe exatamente como direcionar alimentação e exercícios físicos em cada fase do emagrecimento. Nossos especialistas estão aqui pra te apoiar neste momento.

Aqui, contamos com uma equipe multidisciplinar com profissionais trabalhando em conjunto por um só objetivo: proporcionar o emagrecimento com saúde e uma nova vida.

Chega de lutar contra a balança. Faça uma avaliação conosco e encontre aqui a sua melhor versão. Profissionais com experiência em tratamento da obesidade.


Onde encontrar tratamento


A Ostermann Medical Center funciona na Rua Expedicionário Iracy Luchina, 1205 – Coloninha em Araranguá-SC. Além de atendimento presencial é possível receber atendimento on-line para facilitar o esclarecimento de dúvidas pelo WhatsApp: 48 9. 9973-7109 ou (48) 3522-2314.

40 visualizações0 comentário