top of page
Buscar
  • Foto do escritorSaulo Pithan

Cuidado redobrado com crianças durante o inverno


Doenças respiratórias têm levado à superlotação de leitos infantis de hospitais em todo o Brasil. Especialista da Ostermann Medical Center, diz que prevenção deve acontecer em todas as estações do ano


Os meses de inverno são marcados pelo aconchego, as roupas quentinhas e sopinhas ingeridas com a família, mas também são destaque os narizes vermelhos, a febre, a tosse e os espirros em crianças e adultos.

Nas crianças, as doenças respiratórias sazonais ficam mais frequentes, e atingem principalmente as crianças, segundo estudos do CDC - Centro de Controle e Prevenção de Doenças. No inverno, é exigido dos pais, responsáveis e profissionais de saúde uma atenção mais apurada no aumento das infecções virais como gripes e resfriados, e no agravamento de doenças crônicas, como a asma e a bronquite.


Vírus do Inverno -


Segundo a pediatra da Ostermann Medical Center, Dra. Fabiane Rosa (CRM 28454), os vírus mais comuns, causadores dessas doenças de inverno em crianças são a influenza (vírus da gripe), vírus sincicial respiratório (VSR), rinovírus e adenovírus, que podem levar a complicações como pneumonias e bronquiolotes, especialmente em crianças com idades entre zero e 2 anos de idade, que estão com o sistema imunológico ainda em desenvolvimento.

A médica lembra que esses vírus e bactérias podem ocasionar quadros leves de gripe, quanto quadros mais graves, com febres, chiado no peito, tosse intensa, secreção, esforço respiratório, podendo levar até à internação hospitalar, com suporte ventilatório ou até intubação em UTI neonatal ou pediátrica, conforme a idade da criança. Para se ter uma ideia, nesse inverno, a internação de pacientes com vírus respiratório (VSR) nos hospitais tem sido de 95% dos casos em crianças de 0 a 4 anos de idade. Em 2022, foram registrados 14.489 casos de VSR no Brasil - 13.542 (93%) somente na faixa etária de 0 a 4 anos, segundo dados da Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz), órgão ligado ao Ministério da Saúde.


Prevenção -

A médica alerta que para evitar a grande incidência de doenças respiratórias em crianças no inverno, é preciso saber se cuidar em todas as estações do ano. Dra. Fabiane lembra que a COVID-19 ensinou muito à população sobre prevenção de doenças respiratórias transmissíveis, e que as mesmas medidas devem ser praticadas para combater qualquer tipo de doença respiratória - transmissível ou crônica - seja no inverno, no outono, na primavera ou no verão.

A prevenção acaba sendo a mesma para todos. O cuidado da higiene das mãos; evitar o contato com pessoas doentes, com o uso de máscaras; uso do álcool em gel após lavar as mãos com água e sabão; evitar ambientes aglomerados, principalmente para as crianças pequenas, e a aplicação da vacina contra a gripe, Esses cuidados valem para todas as doenças respiratórias, em todas as épocas do ano”, alerta a especialista, que diz que é importante levar a criança para ser consultada pelo pediatra de preferência sempre que a criança apresentar quadro gripal com febre, chiados no peito e dores no corpo.


Serviço - Ostermann Medical Center Araranguá

Rua Expedicionário Iracy Luchina, 1205 - Centro, Araranguá

Fone: 48 3522-2314 WhatsApp: (48) 99638-1218.




6 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page